Brasília, Domingo, 03 de Março de 2024

Poder e Saúde

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home Página Inicial Amenidades Iluminação azul do Congresso integra Campanha de Conscientização sobre Câncer Colorretal

Iluminação azul do Congresso integra Campanha de Conscientização sobre Câncer Colorretal

E-mail Imprimir PDF

Iluminação azul do Congresso integra Campanha de Conscientização sobre Câncer Colorretal

Iluminação azul do Congresso integra Campanha de Conscientização sobre Câncer Colorretal.

O prédio do Congresso Nacional fica iluminado na cor azul nesta sexta-feira (25) e sábado (26) em apoio à Campanha de Conscientização sobre o Câncer Colorretal – Março Azul, organizada pela Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva (Sebed) e pela Sociedade Brasileira de Coloproctologia (SBCP). A iluminação especial foi sugerida pela senadora Simone Tebet (MDB-MS).

O objetivo é alertar a população para a importância do diagnóstico e tratamento precoces da doença. O tema escolhido para a campanha neste ano é "Abrace esta ideia você também".

Além da iluminação especial em diversos prédios e monumentos pelo País, serão realizadas ações nas mídias sociais, campanhas locais como mutirões de prevenção e a mobilização de influenciadores.

Sintomas
Perda de peso sem razão aparente, anemia, alteração do hábito intestinal (constipação e diarreia) e sangue nas fezes são alguns dos sintomas que podem estar associados (mas não obrigatoriamente) ao câncer de intestino, um dos tipos mais comuns entre os brasileiros.

Entre os fatores de risco para o desenvolvimento da doença estão: herança genética, obesidade, sedentarismo, tabagismo e consumo exagerado de alimentos processados, carne vermelha e bebidas alcoólicas.

Diagnóstico
A doença se manifesta por meio de tumores que surgem no intestino grosso, especificamente no final do intestino (cólon e reto). O diagnóstico pode ser feito por exame de sangue oculto nas fezes e colonoscopia.

O Instituto Nacional de Câncer (Inca) estimativa que, de 2020 a 2022, sejam registrados anualmente cerca de 20.540 casos de câncer de cólon e reto em homens e 20.470 em mulheres.

Fonte: Agência Câmara de Notícias